quarta-feira, 22 de abril de 2009

"Pelo sonho é que vamos"

Sabem aquela sensação de quando acordamos no meio de um sonho bom e ficamos desiludidos, só nos apetece fechar os olhos com força e esperar que o sono e o sonho retomem o seu curso? Os sonhos são assim, fazem-nos querer muito agarrá-los e vivê-los, quer estejamos a dormir, quer estejamos acordados.

Lembrei-me disto, porque hoje, ao falar com um amigo sobre a crise de valores à escala global, ele disse-me que talvez estejamos a chegar ao fim da era dos oportunistas e os sonhadores tenham uma oportunidade de chegar ao poder. Será? Ocorreu-me o comentário de uma amiga querida que, quando defendo alguns dos ideais que me guiam, me responde que eu quero viver de sonhos, mas que seria interessante ver alguém sustentar-se de sonhos. Normalmente sorrio perante este comentário, porque acho que ela exagera, mas hoje pensei “E se fosse de facto possível viver de sonhos?”. No plano do ideal, tudo é possível e a verdade é que são os sonhadores que fazem evoluir a humanidade. Senão vejamos: o homem sonhou conquistar os mares – e conquistou; sonhou voar – e voou; sonhou conquistar o espaço – e conquistou; sonhou com a comunicação global – e aí está a internet…

Martin Luther King, um mártir dos seus sonhos, sonhou com a igualdade entre os homens – e Obama chegou à Casa Branca… e uma onda de esperança dominou o mundo, milhões de pessoas emocionaram-se ao verem aquele homem de sorriso amável tomar posse na nação mais poderosa do mundo.

Eu quero acreditar que é possível viver de sonhos, ou melhor, que às vezes os sonhos se tornam realidade, mesmo quando parecem impossíveis. A vida ensina-nos isso mesmo.

Os mestres dos sonhos, os poetas, apregoam a força dos sonhos alto e bom som, mas, regra geral, são tidos como loucos, mas não o são. Como dizia Florbela Espanca “ser poeta é ser mais alto / é ser maior do que os homens”, eles vêem mais além, são visionários.

Tem razão António Gedeão quando diz que…

“o sonho comanda a vida

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança”.

Afinal, como dizia Sebastião da Gama, “pelo sonho é que vamos”!

2 comentários:

Cristina Bernardes disse...

EXcelente comentário... muitas vezes também me agarro aos sonhos.

LIFE IS BEAUTIFUL disse...

Oi,

Amor, aventura e emoção,
Tudo misturado num sonho
De quem tem grande imaginação.
Sonhos são a representação de um novo mundo
Onde a realidade é uma grande fantasia,
Em que as pessoas se encontram em plena harmonia.
Sonhar é desejar,
Desejar é esperar.
Esperar pelo amor que irá encontrar,
Desejar o lugar que vai te encantar,
Sonhar com a pessoa que vai se apaixonar.
Sonhos misturados em pensamentos,
Pensamentos que se baseiam na emoção,
De transformar a realidade numa grande confraternização.
Nunca deixe de sonhar,
Pois um dia o sonho pode se transformar
Na vida que sempre sonhou e esperou realizar.

Este é um local onde o relaxamento da mente é concretizado.
Excelente.

Um Beijo com muito Forró,
Gabriel Silva.