quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Rosa Lobato Faria... partiu...

imagem in http://www.ionline.pt/conteudo/44957-rosa-lobato-faria-marca-para-sempre-panorama-cultural-portugues-diz-luis-andrade


No dia 20 de Janeiro de 2009, escrevi neste blog um post sobre "As Esquinas do Tempo" de Rosa Lobato Faria. Este livro abriu-me a porta para uma escritora que não conhecia como tal e fez-me ver esta mulher de uma outra perspectiva. Conhecia-a sobretudo como actriz (que não apreciava particularmente nas novelas, mas de que gostei em programas de humor) e como letrista (aí sim, já me agradava mais) e foi então que descobri uma escritora que passei a apreciar muito. Foi assim que fui vendo e descobrindo esta mulher, actriz, letrista e escritora.
Há uns tempos soube que havia estado doente, mas hoje foi com espanto e pesar que recebi a notícia da sua morte. Ainda teria decerto muito para dar...
A esta mulher e escritora, que deixou um legado importante à cultura portuguesa, presto aqui a minha homenagem, um ano depois de a ter descoberto como escritora. É verdade que partiu, mas a sua obra fica connosco.
...Um ano depois, mais uma vez, obrigada, Rosa Lobato Faria!

4 comentários:

Mafalda Branco disse...

Querida Maggie,
tinha saudades dos teus posts, só é pena que tenha sido este. Realmente Rosa Lobato de Faria era uma escritora que vale a pena descobrir. Eu, pessoalmente, gosto muito do que já li ("A Trança de Inês", "O Prenúncio das Águas" e, claro, a poesia). Para além disso, parecia-me uma mulher extremamente humilde e humana, o que é raro.
Um beijinho grande para ti, com saudades!

Marta disse...

Olá
No Chuva de Livros, no poste Selos do 1º Trimestre/2010 esta um selinho BEAUTIFUL para este agradável espaço.
Beijinho

isabel disse...

Aqui está uma escritora cuja obra desconheço. Há pouco tempo, num blog,alguém a homenageava publicando um poema seu, e eu só posso confessar que adorei.
Beijinho!
P.S. Há tanto tempo que não tenho notícias tuas!

djoanaz disse...

Olá
Passei por aqui e ao ver um post sobre a Rosinha não resisti a comentar.
A Rosinha é para mim a melhor escritora que tivemos em Portugal nos últimos tempos.
Comecei a sua leitura ao acaso, fui à FNAC e comprei "O Sétimo Véu", confesso que não sei o que me levou a comprá-lo, era uma senhora com quem não simpatizava mesmo nada, achava-a muito senhora do seu nariz, com a mania...

Ainda hoje lembro esse dia comecei a ler o livro, não jantei, pouco dormi, no dia seguinte tinha terminado de o ler e com uma vontade enorme de ler mais. Logo de seguida veio "O Prenúncio das Águas", "Os Linhos da Avó" e muitos outros até ao último que li "As esquinas do Tempo".
Passei a ir ouvi-la às Feiras do Livro a Lisboa, a seguir a sua obra literária e decobri uma verdadeira SENHORA, simpática, sempre disponivel, com uma enorme vontade de viver e um talento monstruoso. Eu defendo a leitura de um dos seus livros nas escolas. Deveriamos posssibilitar que muitos pudessem ter dela outra visão que não só a das novelas e dos programas de humor. Imaginem que depois até comecei a gostar da Rosinha na televisão.

Uma coisa é certa Portugal perdeu muito com a sua morte, tenho a certeza que ainda havia tanto para nos dar...

Tenho no Facebook um foto com ela de que me orgulho muito. Na sua última Feira do Livro de Lisboa em 2009.