terça-feira, 10 de março de 2009

Saga de Chesapeake

“Conheci” há pouco tempo Nora Roberts. Devo dizer que, sem ler nada dela, criei uma certa resistência aos seus livros. Eram best sellers, mas temia que fossem muito próximos do género “ler e deitar fora”. Enganei-me. Não sendo obras-primas da literatura, são histórias bem contadas, pelo menos as que li.

Comecei pela “Ilha das Três Irmãs” e devo dizer que gostei bastante. É uma história de mulheres, mulheres fortes que resistem à adversidade e, acima de tudo, aprendem a unir-se para o fazerem.

Depois, enveredei pelo primeiro livro da Saga de Chesapeake, “Levado pelo Mar”, e li, de seguida, os três restantes desta saga – “Marés Altas”, “Porto de Abrigo” e “O Azul da Baía”. Ao contrário da maioria dos livros da autora, esta saga tem como personagens centrais homens, quatro homens que foram em tempos adolescentes problemáticos e, graças ao amor de um casal sem filhos, formaram com eles uma nova família. São histórias de vidas difíceis, sendo cada livro dedicado à história de um destes irmãos de coração. Vidas que quebraram, todas elas, um ciclo vicioso e encontraram o amor e a felicidade. Acima de tudo são histórias de pessoas que tiveram uma segunda oportunidade na vida, graças ao amor desinteressado de quem decidiu apenas… amá-los. Gostei bastante. Ajudou-me a retemperar a esperança num mundo melhor, porque afinal são histórias que podemos encontrar ao virar da esquina.

É verdade que a fórmula é um pouco repetitiva e, quando cheguei ao quarto livro, já quase podia adivinhar o passo seguinte, mas ainda assim uma leitura agradável. No entanto, em jeito de balanço, penso que aquele de que gostei mais tenha sido o primeiro, pela surpresa, pela construção das personagens (que depois viajam para os outros três livros). Talvez por isso tenha gostado tanto de Cameron. Ah! Mas, atenção, as mulheres estão sempre lá e sempre como figuras marcantes, para o bem e para o mal.

Gostei do estilo Nora Roberts e hei-de lá voltar, de vez em quando.

4 comentários:

Janna disse...

Bom dia...tem vários selinhos pra vc no meu Blog....BjOs

bauny disse...

Tb li esses 4 livros e gostei bastante! Como dizes o 4º já é previsivel, mas mesmo assim le-se com muito gosto, até para desvendar o 'mistério'... Boas Leituras!

Migalhas disse...

Também já li esta saga e o quarto foi o que gostei menos, mas fazia todo o sentido que tb fosse escrito. O meu preferido foi o 2º, Marés Altas... ri à gargalhada com a história dos coelhos.
Já li alguns desta autora e tenho gostado bastante dos que li, mas sou apologista de não ler os livros dela muito seguidos para não enjoar ;)

Paula disse...

Passei para dizer que tens uma surpresa no meu blog.
;)