quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A Sombra do Vento - enfim acabei!


E finalmente cheguei ao fim! E valeu a pena! Este processo de leitura foi longo... Daniel Sempere acompanhou-me neste longo processo. Comecei por gostar bastante, depois "mastiguei" durante muito tempo até que "dobrei o Cabo das Tormentas" e reencontrei a emoção nas últimas 200 páginas que devorei em algumas horas. Magistral!
O que me aconteceu com este livro acontece-me poucas vezes, mas acontece. Há alturas da vida em que pego num livro e me é difícil acabar de lê-lo, pelas mais variadas razões. No entanto, não tenho por hábito desistir, nem começar a ler outro (não me dá muito jeito ler mais do que um livro em simultâneo). Aconteceu-me, por exemplo, há uns anos com "Viver para Contá-la" de Gabriel Garcia Marquez.
Voltando a "A Sombra do Vento", a história de Daniel, da caneta de Victor Hugo, e do seu Júlian Carax começou por me encantar, depois perdi-me, comecei a achar demasiada fantasia, um enredo algo inverosímel, mas depois deu-se o "clic" - o livro agarrou-me novamente e o desfecho foi surpreendente, mas tornou tudo claro e lógico, uma trama magistralmente tecida. É aqui neste pormenor que, na minha modesta opinião, se distinguem os grandes escritores, não desiludem, sustentam e superam as nossas expectativas.
E assim se fechou o ciclo, com a cumplicidade e a magia de um pai e um filho a caminho do Cemitério dos Livros Esquecidos...

PS - agora vou dedicar-me ao "Caim" de Saramago, estou muito curiosa!

9 comentários:

Tinkerbell disse...

eu estou quase acabar o jogo do anjo e é engraçado ter algumas personagens como sempere e locais como o cemitério dos livros para matar saudades da sombra do vento um livro que adorei, e se gostaste tens de ler dp o jogo do anjo é d+!

Marta disse...

Ola

Espera-te um selinho "Para este blog dava meu coração" nas minhas chuvas.
Beijinho

flicka disse...

Tenho este livro que o recebi como presente de natal já há alguns anos, e ainda não o li...

Um selo muito especial aguarda-te no meu blog :)*

Eduardo Trindade disse...

Que bom que chegaste ao fim e que a leitura valeu a pena!
Este foi um livro que eu adorei, devorei-o num instante. Há pouco tempo, emprestei-o para minha mãe, e ela também gostou muito.
Ah, e vale a dica aí de cima: "O Jogo do Anjo" é na mesma linha deste (também vale a pena, embora eu tenha preferido "A Sombra do Vento").

Rita Mello disse...

Olá Maggie!
Tenho selinhos para ti no Chocolate para a Alma (http://chocolateparaalma.blogs.sapo.pt) para alegrar estes dias chuvosos.
Rita*

Marta disse...

Maggie, querida, eu gostei do livro.Li-o num sopro.
beijinhos

Rita Mello disse...

Olá Maggie!
Tens uma surpresa no Chocolate para a Alma! (http://chocolateparaalma.blogs.sapo.pt)
Rita*

Ana disse...

Passa no meu blogue...tenho um miminho para ti.

Beijinhos!!!!

Agesilau Alcibíades disse...

Maggie, passei por aqui vindo de um outro "site" no qual anunciou o blog, quis deixar uma marquinha... escolhi este seu "post" porque tenho A Sombra do Vento na prateleira de "standby" há já dois anos, desconhecendo o autor, e algo intimidado pela envergadura do volume em milímetros. Neste momento estou com A Fórmula de Deus, mas acabou de me dar coragem para passar A Sombra... para o princípio da fila! Vou ainda dar uma voltinha pelos "posts" anteriores. Muito obrigado pelo seu trabalho de partilha!